Sejam bem vindos ao mundo da saúde plena.


"Bom mesmo é ir a luta com determinação

Abraçar a vida e viver com paixão

Perder com classe e viver com ousadia

Pois o triunfo pertence a quem se atreve

E a vida é muito bela para ser

insignificante"


Augusto Branco



terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Momentos difíceis

A vida é passageira. Viver significa correr riscos. Esta ferramenta tão maravilhosa que é a internet que seja usada para confraternizar e trocar idéias. Eu desejo do fundo do meu coração que eu possa contribuir para as famílias viverem melhor.
Eu desejo do fundo do meu coração que uma luz se ascenda em todos os corações  dos meu leitores.

Fui por muito tempo “por fora” ou “sem noção” e isto deixou lembranças não muito boas.  Este tempo vivido foi ao mesmo tempo nostálgico e em meio a natureza. E hoje vivendo na cidade grande tenho saudades desta natureza.

As oportunidades que eu tive foram a base de todo uma história de vida e de possibilidades decorrentes da educação.
Compreender o que não tive  pela limitação do conhecimento.

Hoje eu tenho noção e estou por dentro muito mais que em épocas passadas. Meu currículo compreende uma viagem linda e também com riscos e enfrentamentos inesperados, ser mãe.

Me senti semeando e colhendo nesta caminhada. Plantei em meu jardim de coração grande três sementes que hoje vivem independentemente, meus amados filhos.

Minha jornada incessante pela vida me deixou forte e cheia de motivação para me colocar a serviço das famílias que desejam um conforto no sofrimento com algum dos seus amados, seja doença, seja dependência química ou seja lá o que for, mas que esteja gerando sofrimento.

A doença é o resultado.  Entendo como uma partida de futebol. Se o goleiro levou frango foi por que? Bem pode ser por ser pouco treinado a esse tipo de jogada ou falhou a defesa frente ao gol. O resultado desejado bom é sinal de equipe bem preparada e defensiva. O resultado não bom é da mesma forma entendido. Houve falhas. Então ser bem treinado o goleiro é uma boa estratégia. E a equipe de defesa bem organizada e pronta a atacar é outra boa chance da bola não entrar. Bem se a bola entrar no gol...houve falhas isso é certo. Ou muito eficiente a estratégia da equipe contrária. A vida com saúde e a vida com doença é mais ou menos um jogo. Boa equipe com chances e vantagens. Os bons jogadores seriam os bons alimentos e assim por diante.

Marinheiras de primeira viagem. Embarcamos nessa viagem ao sermos mães, pois tudo pode acontecer.
Para enriquecer o meu currículo de mãe já como marinheira de terceira viagem cheguei na linha divisória entre perder ou ganhar, um choque. O inesperado bateu a minha porta. Por estar treinada já como estudante de medicina a fazer reanimação respiratória consegui salvar meu pequeno de 20 dias de vida.  Eu passei por momentos terríveis com uma provável causa do engasgo, uma coqueluche aos 18 dias de vida.  Foram 7 noites sem dormir para cuidar o pequeno que tossia e se afogava com a secreção espessa. Para nós médicos ficou a falta de positividade para a bactéria que provoca a coqueluche (Bordetella Pertussis).

Ainda me traz a lembrança do horror que vivi e os apuros que passei. Consegui ter o equilíbrio nessa hora do engasgo  e ausência de respiração. Fiz tudo direitinho para que ele sobrevivesse. Nasceu de 8 meses e com 20 dias começou arroxear os lábios.  Nos 10 dias de UTI fiquei ligadinha, de olho arregalado e apavorada. Sai totalmente assustada e com o medo de perder. Só sai mais segura com um balão de oxigênio caso houvesse necessidade.

Após a alta hospitalar fiquei por 30 dias com a sensação que não tinha chão. Parecia que não me sentia e só pensava no bebê. Olho para ele hoje tenho essa alegria de vê-lo lindo e fazendo medicina. Mas podia ter dado tudo errado. Acho que as mulheres todas deveriam ter essa mesma noção que eu tive em realizar as manobras de ressuscitação que veio salvar meu pequeno.  

O inexplicável e o explicável nessa hora se bastam. A vida que geramos e que não queremos perder por preço nenhum.

Os desafios da existência continuam.




quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

O MAL DO SÉCULO

Em pleno século XXI com tanto progresso da ciência em áreas tecnolgicas e com sonhos de alcançar a cura do câncer ou outras doenças graves ainda está engatinhando. A causa é um intrincado de situações adversas ao organismo humano a começar pela cozinha domiciliar que está desaparecendo. Tudo está acontecendo muito rápido e as doenças degenerativas estão em crescente.

Quem sai prejudicado com tudo isso? Todo o organismo. Porque o sangue percorre todo o corpo e dependendo da qualidade alimentar este sangue não consegue levar oxigênio e nutrientes. Assim na falta destes componentes observamos a perda da capacidade dos órgãos. Neste caso o cérebro já se danou.


O Alzheimer pode ser prevenido naturalmente? - Melhor com saúde
melhorcomsaude.com
O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que se caracteriza por uma
deterioração cognitiva e transtornos

domingo, 10 de novembro de 2013

Invasores incômodos

ESTOU VISUALIZANDO AOS LEITORES QUE CADA VEZ MAIS MEU BLOG VEM SENDO LIDO EM MUITOS RECANTOS DESTE PLANETA. SEM MEDO DE SER FELIZ É O MEU LEMA.
SEGUNDO ZAFFIR, O LEITOR DAS ALMAS, TEMOS UMA FERRAMENTA MARAVILHOSA PARA ESPALHAR O BEM. ESTOU FAZENDO A MINHA PARTE. 

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
EntradaVisualizações de página
Brasil
2101
Estados Unidos
617
Rússia
257
Alemanha
135
Portugal
38
Ucrânia
25
Suíça
20
Espanha
18
Polônia
14
Índia
12

Esta matéria eu compartilho a título de informação para todos os que sofrem de problemas crônicos de pele. Alguns  problemas que aconteceram com meus filhos em 1989 que eu relatarei em tempo oportuno. Alguns problemas que vivenciei ao longo de minha carreira médica também irá contribuir para quem deseja saúde e quem sabe abrir uma janelinha para o conhecimento para profissionais que se interessam pela saúde própria, dos filhos e quem sabe até de seus pacientes. Relatarei a caminhada com muitas dificuldades até a resolução de um problema grave de um de meus filhos. Acabei expandindo para meus pequenos pacientes e também os adultos. Segundo Zaffir, O leitor das almas, diz que devemos utilizar a internet para o bem, para a paz, para o amor e ou para diferentes possibilidades que revertam em bem as pessoas que necessitam de uma luz na escuridão. Agradeço ao meu Deus por ter ao longo destes anos me motivado a prosseguir pela fé. Esta fé que me impulsiona a frente e me torna uma mãe melhor, uma profissional melhor e assim teremos cada vez mais responsabilidades de trazer a alegria do bem viver.
A esperança por dias melhores deve ser perseguida. E quem busca o melhor para sua saúde física e mental deve ser incentivada. Meus amados filhos me ensinam todo o dia e meu amor incondicional de mãe me torna uma cientista da vida.  Afinal quem gera 3 bebês , hoje homens médicos para o bem. A partir desta experiência materna me desdobro como posso para aprender mais e a descobrir mais pela grande curiosidade pela compreensão da problemática, que pode ser tornar uma vida.
A cada dia me torno mais e mais animada pela minha vida e pela vida de quem confia no meu trabalho de 'expert" do bem viver.

Sou sim radical quando digo que me divorciei de todos os alimentos desorganizadores e que me envelhecem. Tenho sido muito vigilante com que eu amo, minha família, Cobro, falo forte e se eu puder "puxo a orelha" para acordar antes de dormir para sempre ou sofrer de doenças debilitantes.

Compreender a vulnerabilidade do ser humano em ser o hospedeiro de invasores incômodos e que traz alteração da aparência física e prejudicando muitas vezes a auto estima.  Nossa biota ( FLORA INTESTINAL) é constituída por milhões de microrganismos, uns ditos bons ou benéficos e outros ruins, causadores de muitos distúrbios, doenças de pele, cabelos e unhas. Na China há pesquisas que a flora intestinal equilibrada terapêuticamente ajuda a emagrecer. Eu costumo dizer que o intestino delgado e grosso é uma caixinha de surpresas ou digamos que esconde muitos mistérios ( = caixa preta).
Me interesso por buscar a solução de muitos problemas ditos de difícil tratamento. Acredito fortemente na influência de nossos hábitos ruins de alimentação e sobre a influência do meio ambiente na nossa biota intestinal.
Histórias interessantes para quem sabe trazer a luz do conhecimento a tantos problemas sem um esclarecimento. Pois somos treinados para tantos problemas e ainda muitas vezes não conseguimos esclarecer. A sáude pode ser prejudicada por inúmeros fatores, desde o ar que respiramos, a água que bebemos e do que nos alimentamos equivocadamente. Os desafios estão todo o dia sendo uma questão de ousar e enfrentar ou cruzar os braços. Eu decido ousar e ir em frente. Levo pedradas na caminhada e mesmo assim permanceço na busca do melhor para minha vida, meus filhos e de meus clientes. A causa idiopática, sem causa esclarecida ou origem desconhecida ainda está nos livros de medicina.Ufaaa...estou conseguindo decifrar algumas charadas que a vida me pregou. Obrigado a minha alimentação que me fortalece a cada dia e me dá condições de perseguir o que acredito muito. 

O texto - 
Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Micoses são infecções incômodas e resistentes, causadas por aproximadamente 100 espécies diferentes de fungos, algumas vezes confundidas com alergias ou mesmo hanseníase. Alimentando-se de gordura e/ou queratina presentes no corpo, os fungos desenvolvem-se quando encontram situações propícias para tal, como alta umidade e calor; ou quando a imunidade da pessoa está comprometida. No primeiro caso, geralmente se trata de uma infecção superficial. No segundo, pode atingir órgãos internos, sendo então classificada como uma infecção profunda. Imunodeprimidos, como portadores do vírus da AIDS, ou mesmo pessoas internadas em UTIs estão mais propensas a adquiri-la.

Além de causar desconforto e alterações estéticas, esses fungos propiciam também a entrada de outros patógenos, como bactérias. Tal situação é bastante comum no caso de frieiras (também chamadas de pé de atleta). Assim como as micoses das mãos, estas se apresentam na maioria das vezes como fissuras, descamações, ou vesículas localizadas entre os dedos.
Outra manifestação desses patógenos é a tinha crural, encontrada de forma mais frequente entre as coxas, principalmente durante o verão; a de couro cabeludo, apresentando-se como placas com descamação, com ou sem pus; tinha de barba, com bordas bem definidas; e tinha de corpo, avermelhada e com microvesículas. Além disso, unhas também podem ser acometidas pelos fungos, dando aspecto grosseiro às mesmas: são as onicomicoses.

Fungos típicos da constituição normal de nosso corpo também são capazes de provocar micoses, quando algum fator propicia seu crescimento exagerado.  É o caso da Malassezia furfur e da Candida albicans.

A primeira provoca lesões arredondadas, escamosas e de coloração variável, geralmente presentes em locais pilosos. Oleosidade e suor excessivos propiciam sua proliferação demasiada. Já a segunda é responsável pelos sapinhos e candidíase. Mucosa oral, dobras da pele, unhas, cantos da boca e região vulvovaginal são os locais mais frequentemente afetados por ela.

Prevenção:
• Enxugar bem o corpo, após o banho.
• Preferir usar roupas feitas com fibras naturais, como o algodão, já que ele não retém o suor; e calçados abertos, pelo mesmo motivo.
• Usar luvas ao entrar em contato com o solo.
• Não entrar em contato com lesões micóticas de animais ou pessoas infectadas.
• Não utilizar roupas, toalhas, materiais de manicure, dentre outros, que não sejam de uso individual.
• Evitar andar descalço em pisos úmidos ou públicos.
• Cuidados especiais aos pacientes imunodeprimidos.

Diagnóstico:
Suspeitas de micose devem ser analisadas pelo médico dermatologista. Na maioria dos casos, apenas pelo aspecto em que se apresentam as lesões, a infecção já é diagnosticada. Entretanto, há situações em que é necessária a análise da lesão e, para tal, é necessário que se colha o material.

Tratamento:
Geralmente é demorado. Pode ser requerido apenas o uso de pomadas locais, ou também a utilização de medicamentos via oral.


  

A força das palavras..o poder dos alimentos...

Falar menos dos outros faz bem a mente.
A poluição não é só dos rios e do ar que respiramos.

A poluição também existe em nossos pensamentos.
Quanto menos eu estou poluída mentalmente melhor
Eu necessito cada vez mais de cuidar da minha vida
Eu me importo muito com quem se importa comigo


Não dos outros e dar opinião em suas vidas é bom
Dizer mais sobre mim também nem importa

Eu me conhecendo já dá um trabalhão
A minha opinião vale para quem pede
A vigilância sobre o que eu falo é oportuna
Sobre o que eu penso é interessante para quem busca

A minha vida é fruto dos minhas escolhas ao acaso
Hoje o acaso deu lugar ao entendimento
Minhas lições de vida me ajudaram até o momento
da descoberta do que realmente me interessa

Sobre a minha vida eu tenho as impressões
Eu vivi intensamente e eu tenho a minha marca

Os problemas sempre existirão
Se eu administrá-los poderão ter menos significado
Se eu falar menos eu terei mais tempo para pensar

Vigio intensamente as minhas palavras
É um constante exercício de disciplina mental
A vida ficará mais leve se eu me importa com o que
realmente for importante

O  espelho mostra como estou em minha aparência.


Estou tão ocupada que mal cuido eu  de minha vida
Por isso  não saber do que não me interessa é bom

Cuidado com as faladeiras, corta fio
Se  falam do outro para você é porque fala de você também

Eu acredito em mim
Eu busco o melhor em minha vida



Foto: "O peixe e o tagarela quase sempre morrem pela boca. Portanto, fale apenas o necessário." - Ditado popular.

O sol brilha para todos

Foto: "O óbvio é aquilo que nunca é visto até que alguém o manifeste com simplicidade." K.G

Foto: Guilherme Bittencourt - Projeto Capturando Vida



Foto: Página Sugerida Menina dos Olhos

Foto: Para refletirmos...
Foto: curtam https://www.facebook.comMensageirinha

A vida é unica

Por isso eu sou adepta da excelente nutrição celular para meus nervos e meus neurônios ficarem intactos. Vida inteligente depende de informação e compreensão da manutenção da obra prima que nos permite andar, travalhar e ser feliz. Eu diria vida competente depende da administração individual.












Foto: “Eu preciso de um descanso saudável para trabalhar no meu máximo. Minha saúde é meu principal capital e quero administrá-la inteligentemente.” - Ernest Hemingway.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Eu me importo

Meus pais minha vida ...
Minha mãe minha vida ...

Meus filhos minha vida ...
Minha saúde minha vida ...
Minha alimentação minha vida ...
Meu cérebro minha vida...


Como diz Roberto Carlos: eu quero um milhão de amigos....
Vamos ao que interessa e chega de disse-me disse-me e achismos sem comprovação.

Eu me importo com a vida e com a saúde minha e de quem interessar. Meus filhos eu não largo de mão e sou chata mesmo. Chata com conhecimento é tudo de bom. Pelo menos eu durmo tranquila com dever cumprido e nem por isso sou perfeita como pessoa. Eu só quero ser a melhor mãe e cidadã que faz parte da comunidade para somar e trazer um alento as pessoas que sofrem com seus filhos. Nunca desistir de nossos filhos. Eu vou a luta e ao enfrentamento se necessário for com as garras de uma felina em defesa de sua prole.

O fato é que a minha primeira casa foi o útero de minha mãe. Sabe-se lá quanto alimento que eu não deveria ter recebido. Sem conhecimento e uma artesã de doces devo ter convivido com a glicose as alturas. Por isso eu doce...rssss. Eu sou a filha anã ( 1m56cm) resultado da nutrição que recebi intra útero. Eu fui mais cuidadosa na primeira gestação e pouco consumo de açucar. Na segunda gestação eu "pisei na jaca", tomei coca cola com bolacha "cream craker" até os 4 meses, e o resultado foi um aumento de peso de 4 kg nos primeiros 3 meses que atrapalhou no final. Estava enorme e quem deve ter sofrido impacto da coca cola e da bolacha foi meu bebê. Muito triste ao desmamar e ver ele murchando. Esta será o tema de uma matéria que ainda escreverei do porque ele desnutriu ou porque ele teve pouca resistência ao ambiente contaminado por parasitas que crescem na caixa d´água. Custei a descobrir mas ainda deu tempo para que ele reagisse e hoje é um moço lindo com estatura satisfatória, fora a visão atualmente que ainda traz as sequelas dos primeiros 4 meses de dieta gestacional de minha parte inocente. No primeiro trimestre desenvolve-se os olhos e a partir daí desenvolve o sistema nervoso. 

A minha preocupação atualmente é com a geladeira. Eu lembro que a minha geladeira era farta quando meus filhos eram pequenos. Hoje o conhecimento alterou os alimentos. A geladeira determina a qualidade de vida e o bem estar. Pois na minha infância até meus 12 anos não tínhamos geladeira na fazenda. Tudo era fresquinho e a carne era cozida e guardada na banha ou meu pai fazia charque (carne de sol). 

A verdadeira situação atual é não haver conexão imediata do que consumimos. Tudo pode sem restrições. Uns alimentos engordam, outros são muitos saborosos e o "drinke" faz parte da socialização e o cérebro que se ferre. Pouco importa o que se coloca na boca até adoecer. Há uma impressão inocente que o corpo se adapta. O que vale mesmo é que ao longo do tempo o gastrintestinal começa reagir. As histórias se repetem, principalmente em mulheres que menstruam e ao mesmo tempo sofrem do intestino e do indesejáveis gases. Há quem se refira ao estômago possuído. Eu ainda prefiro me referir ao cérebro possuído e que faz a pessoa comer e depois se arrepender. Isso aconteceu muito durante a minha vida de adolescente. Ou seja eu posso ser possuída pelo estômago ou cérebro que seja. O que se sabe mesmo é os resultados vão vir e colheremos o que fizermos de bom ou de mal a nós mesmos.

Não havendo a disciplina e o auto controle tudo pode acontecer. Ainda bem que os passarinhos  tem o bico que impede a entrada de alimentos não propícios. No caso da nossa boca vale a proteção da saliva conforme seu pH.  Ruir ou se deformar depende do gerente. O auto controle é determinado por uma região do córtex pré frontal. No cérebro do obeso ela não é ativada e no cérebro do magro é ativada e ele determina, organiza, decide e consegue administrar bem a comilança. 

O fato é que eu coloquei no mundo três homens. O que vale afinal para mim neste momento de vida?

Ao ver meus filhos homens, um já é cardiologista, outro se formando médico neste mês de dezembro e outro a caminho fico muito grata a vida. Gostaria de que todas as mães do mundo fossem felizes e realizadas como eu sou. Meus bebês me ensinaram muito ao longo de minha vida. Meus homens hoje me deixam babando de felicidade. Minha dedicação de mãe, mesmo não sendo presente 24 horas, mas exercendo a maternidade, a missão de cuidar.  Amamentei ( por 1 ano) muito pouco tempo em minha concepção de hoje. Se fosse hoje eu amamentaria por mais tempo. O O conhecimento das interferências do ambiente doméstico, caixa d´água, que devem ser lavadas de 3 em 3 meses. As caixas de amianto devem ser eliminadas por serem tóxicas a saúde. 
As orientações são limitadas e a vida não é limitada. As teorias e hipóteses podem ser insuficiente para uma natureza tão bem programada. Os bebês habitam um ambiente apropriado para seu desenvolvimento, o útero materno. Quando este ambiente se torna hostil ele pula para fora para tentar sobreviver, é o caso dos bebês de muito baixo peso e prematuros. O filho é gerado por uma ordem universal desconhecida e nem precisa de prova científica. A natureza já está programada e eu só colaborei para que a obra prima se desenvolvesse. Se eu tivesse meus filhos hoje eu daria o peito até os 3 anos de idade no mínimo. Já que o cérebro das crianças se completa em sua formação estrutural aos 6 anos de idade.

Me doei em amor e dedicação em sua formação. O exemplo vale muito e o que realmente ficou foram as vivências e sensações experimentadas. 

Estar desinformada em termos alimentares ou nutricionais atrapalhou um pouco o crescimento. O desconhecimento influenciou na hora da escolha de compras no supermercado. Muita guloseima desnecessária.A presença  de "porcarias" ou alimentos vazios atrapalhou o desenvolvimento físico em termos de estatura ou altura somente.  Eu não tinha na época entendimento sobre alimentos que organizam e alimentos que desorganizam a bioquímica e metabolismo.  Como eu sempre me refiro que fui por muito tempo sem noção.

A conclusão: Eu posso organizar e equilibrar ou o contrário se eu não tiver conhecimento de regras biológicas. Ainda desconhecemos o manual do proprietário para pessoas. A sobrevivência e a boa saúde depende deste manual ou a obediência da ordem universal. 

Bem por falar em manual, com tanta "delícia" ...kkkk, vai sobrar para eu ser taxada de anti-social ou radical. Mas os resultados falam por si e o resto é balela. Eu estou muito contente com todas as oportunidades que a minha cidade atual me proporcionou. Sou muito grata a cidade de Porto Alegre onde completei minha formação em terapia biológica ( www.linfar.com.ar - www.institutovillar.com.ar), terapia bio ortomolecular e funcional. Meus filhos se tornaram cidadãos para edificar o mundo nesta bela cidade.

Pude contribuir ou também me atrapalhar na criação dos meus filhos. Acredito que mais contribui. O meu filho cardiologista quando pequeno eu oferecia leite de saquinho refrigerado fervido sem açucar. Um verdadeiro "guachinho" de tanto que gostava. Eu sou amante de leite deste os tempos da fazendo. Não há como ser diferente. Sou amante dos ovos de galinha e o meu colesterol é < de 200 mesmo com 8 a 12 ovos por dia. O que vale são as combinações e a minha capacidade hepática ( Gama GT).

O desenvolvimento de meus filhos foi acontecendo mesmo eu tendo algumas noções de alimentação. Eu sabia da importância da amamentação. Só que guardo um mágoa superada do tempo sugerido de aleitamento materno. Esclarecendo: leita materno exclusivo até 6 meses sem associar outro alimento. A duração pode ser até 4 a 6 anos, sendo que a partir dos 3 anos somente a noite esta é a minha sugestão, pois os lipídios presentes no leite materno da mãe e o ideal para a construção e maturação do cérebro em desenvolvimento.  

A  natureza humana depende do seu gerente. Uma empresa tem seu diretor e seu administrador. Existe recursos humanos etc...Na família os responsáveis muitas vezes desinformados porque não há escola para a vida. Isso eu constatei em meu pré natal. Nada de aconselhamento de dieta para o bom desenvolvimento do feto. Tudo pode sim mas nem tudo deve.

Ahh...se eu pudesse voltar atrás no tempo e ter meus filhos novamente com o conhecimento que eu tenho hoje. Ah... seu pudesse ter amamentado por 3 anos cada filho. Ah...mas ainda assim a natureza me deu uma forcinha e tudo acabou saindo bem. 

Caso haja descuido a empresa humana poderá ruir ou deixar de existir pela falência. Eu posso ser uma boa gerente ou eu posso destruir o que ganhei ao nascimento. A máquina complexa maravilhosamente fantástica necessita de aporte nutricional para manter-se íntegra e funcional.
Posso fazer a manutenção adequadamente e desfrutar de uma vida com todas as possibilidades que ela proporciona de lazer e alegrias. Querer antes de tudo eu preciso desejar profundamente o meu bem estar. Nem me importo com críticas e retalhações. isso faz parte da rejeição e do paradigma a ser quebrado. A nossa cultura pode ajudar e pode não colaborar dependendo da região do planeta. A industrialização entrou forte na vida das famílias e os filhos estão espostos a todo o tipo de alimentos com efeito negativo para o cérebro.  Por isso é moda tanta criança  hiperativa e com défici de atenção. As frutas são substituídas por iogurtes, bolachas e salgadinhos. Planejar é preciso sob o risco de rolar lágrimas. 

Agradecer, agradecer é o meu momento de vida. E se eu puder fazer a diferença para muitas mães eu vou me sentir mais feliz e estarei fazendo a diferença na construção do futuro. Aos que desejam viver com saúde e gozar de plenitude sejam bem vindos.

As teorias e hipóteses servem para cutucar e ainda assim é insuficiente, pois a vida e a saúde sofre interferências que fogem dos laboratórios de pesquisa. Eu me pesquiso pela geladeira e pelas compras que faço ao supermercado.  O lucro é meu e de meus amados filhos. Hoje são adultos e alguma coisa de exemplo vão levar para suas vidas. Não há nada que acrescentar na natureza humana, ela simplesmente existe e sou pequena participante me cabe contemplar a criação divina que são meu filhos.

Refletir sobre a existência humana e do porque que perdemos jovens com doenças aos 24 anos é o meu questionamento.

Atendendo em sala de parto e dando assistência aos bebês tenho a certeza que isso uma profissional melhor. Sou mais  questionadora sobre o que eu quero para a mina vida e a vida de meus filhos e com certeza meus futuros netos. A minha vida e para os meus descendentes eu juro que eu quero a melhor e vou enfrentar, ousar para que eu possa somar. É uma experiência surreal atender bebês em sala de parto.
Tudo já  antecipadamente planejado eu eu apenas acolhendo aquele ser indefeso.

A natureza está programada e posso desprogramar com a desinformação, fazendo péssimas escolhas. E chorar as lágrimas da negligência inocente. As escolas ensinam química, matemática e outras tantas. Algumas providências já estejam acontecendo levando merenda viva para a escola. 

Me interesso em compreender este universo complexo e tirar lições que me edificam como mãe, mulher e profissional.

Quero cada vez defender a vida com qualidade, custe o que custar. Mesmo sendo pisoteada e sofrer represálias. Mas eu acredito que o bem esteja acima do mal. E que de boas intenções o mundo está cheio. Quero ser o melhor todo o dia e levantar uma bandeira de paz e me permito sonhar com um mundo com menos drogas, violência e sofrimento.

A dívidas nutricionais acumuladas ao longo da vida um dia chegará. Um futuro com "bastante felicidade" ou bastante sofrimento será a colheita.  Eu decidi pelo "bastante felicidade"...

Segundo o livro: "Uma vida sem doenças" do médico americano Dr. David B. Agus me fez entender mais sobre a energia quântica, aquilo que não pegamos e nem tem como medir. Apenas sentir. Entendi que o pensamento organizado e o conhecimento de nós mesmos nos assegura uma vida satisfatória e com prazer. A colheita do bastante felicidade depende de nossos pensamentos inclusive. A medida do pensamento é a razão principal de tudo o que nos rodeia. A isto de chama química da constituição quântica do pensamento.

_______________O poder do pensamento.

Estou tentando usar mais de 5% do meu cérebro para salvá-lo da deterioração coletiva em que me insiro.
Afinal todos envelheceremos um dia.

Ahhhh....... sim eu vou envelhecer. Não há como evitar o envelhecimento e a ação da gravidade. O cérebro bem abastecido e como o carro abastecido. Para acontecer o movimento e o deslocamento entra em ação muitos fatores. A bateria para iniciar a funcionar. Para eu cuidar desta máquina chamada cérebro eu precisei estudar e fazer cursos que me abriram uma janela e eu avistei o sol. Assim permanecerei íntegra com minha lucidez, livre de Alzheimer e outros destroços por um tempo maior.

O que eu faço para o meu cérebro ficar bem abastecido? Faça a sua consulta e saberá em quantas anda o seu cérebro.

O projeto arquitetônico de um prédio é para durar no mínimo 70 anos. Bem eu posso programar o meu cérebro para durar integro por muitos e muitos anos, livre de todas as disfunções ( ansiedade, irritabilidade, depressão, insônia, angústia, intolerância, TPM,...)

Obrigada a oportunidade que a vida me presenteou pelo conhecimento e poder realmente livrar muitos da deterioração mental. Minha nutrição cerebral me mantém e me manterá em uso pleno de minhas capacidades mentais e cognitivas.

Bem vindo a uma vida feliz com cérebro competente e capacitado.

PROJETO VIVA FELIZ

Palestra:
I  - Só para homens
II - Só para mulheres

Contato:

palestras.nutricel@nutricel.med.br